Chamada de Trabalhos

A submissão de trabalhos para o II Congresso Rede Internacional em Estudos Culturais poderá ser feita nos seguintes formatos: a) Resumo expandido (para apresentação na forma de Comunicação Oral); b) Fotografias; c) Vídeos de performances artísticas (Exemplo: dança, música, dramatização, minidocumentário, entre outros).

O período de submissão de trabalhos é de 01 de fevereiro a 31 de março 10 de abril de 2022. A previsão de divulgação dos textos aprovados é 30 de abril de 2022.

Em Resumos Expandidos, Fotografias ou Vídeos de até 3 (três) autores, ao menos 1 (um/a) autor/a deve realizar sua inscrição com pagamento da taxa para poder apresentar seu trabalho. Devido à pandemia do COVID-19, o evento será no formato híbrido. A participação no evento poderá ser presencial ou online, e deve ser definida no ato da inscrição, com pagamento a ser realizado até 1 de junho. Caso a taxa de inscrição não seja paga no período previsto, o trabalho não constará na programação do Congresso. Em Resumos Expandidos, Fotografias ou Vídeos, com 4 (quatro) a 6 (seis) autores, ao menos 2 (dois/duas) autores/as devem realizar sua inscrição nos mesmos termos.

Com o propósito de alcançar os objetivos do evento e promover a interdisciplinaridade das diferentes áreas do conhecimento, os grupos temáticos contemplam nove grandes temas relacionados ao II Congresso da Rede Internacional em Estudos Culturais:

  1. Estudos Culturais, Estudos do Lazer/Ócio/Recreação e Corpos;
  2. Estudos Culturais, Políticas Públicas, Direitos e Combate à Desigualdades e Opressões;
  3. Estudos Culturais, Diversidade, Interseccionalidades, Diásporas, Identidades e Diferenças;
  4. Estudos Culturais, Desenvolvimento, Redes e Tecnologias;
  5. Estudos Culturais, Gênero e Sexualidade;
  6. Estudos Culturais, Espacialidades, Territórios e Urbanidades;
  7. Estudos Culturais, Comunicação, Artes, Sensibilidade e Saberes Populares;
  8. Estudos Culturais, Saúde, Meio Ambiente;
  9. Estudos Culturais, Educação, Ensino e Formação;
  10. Estudos Culturais e outros temas.

1) Orientações para a Elaboração de Resumo Expandido

Os textos inscritos para o formato de Resumo Expandido deverão ser resultado de pesquisas concluídas e/ou em andamento ou relatos de experiência. Serão apresentados no formato Comunicação Oral.

Para o formato de Resumo Expandido, cada participante poderá enviar, no máximo, 2 (dois) textos, seja como autor/a ou coautor/a. O Resumo Expandido pode ser escrito em português ou espanhol e deve ter extensão máxima de 15.000 caracteres, incluindo espaços e todos os elementos requeridos.

Os elementos a serem apresentados no documento são: título; resumo e palavras-chave no idioma escolhido para a redação do trabalho, e título, resumo e palavras-chave em outro idioma, a escolher entre português, espanhol ou inglês; introdução e demais elementos textuais em que se apresentem justificativa, objetivos, base teórica, metodologia e análise/discussão/reflexão; considerações finais e referências. No arquivo não deve constar nome, e-mail ou filiação institucional, a informação só deverá ser fornecida na plataforma de submissão.

O texto deverá ser formatado para um tamanho de página A4, com margens de 2,5cm. Deve ser usada a fonte Times New Roman ao longo de todo o trabalho. O título deverá ser centralizado, em caixa-alta, negrito, e com fonte tamanho 14. Os subtítulos deverão ser numerados sequencialmente, alinhados a esquerda, em negrito e fonte tamanho 12. Para o corpo do texto deverá ser usada fonte tamanho 12, espaçamento entre linhas de 1,5, sem espaçamento entre parágrafos e recuo 1,25 cm na primeira linha. Citações diretas com mais de 3 linhas devem aparecer recuadas, fonte tamanho 10 e espaçamento simples. Notas de rodapé, legendas e fontes das ilustrações, figuras e tabelas devem apresentar fonte tamanho 10 e espaçamento simples. Para citações ao logo do texto e bibliografia final a norma aplicada deverá ser a APA, na sua 7ª edição. O arquivo final deverá ser submetido para avaliação por meio da plataforma EasyChair no formato DOC; DOCX ou ODT.

2) Orientações para Composição de Fotografias e Vídeos

Estas diretrizes orientam o envio de Fotografias e Vídeos, cujo objetivo é possibilitar aos/às congressistas uma experiência por meio das linguagens visuais, buscando outras maneiras de refletir cientificamente sobre os Estudos Culturais.

Serão aceitas inscrições nos campos das artes visuais – fotografia e vídeo – relacionados ao tema dos Estudos Culturais e dos Grupos Temáticos do congresso.

As submissões poderão ser individuais ou coletivas e cada interessado/a poderá inscrever-se com até 2 trabalhos no Congresso em qualquer dos formatos possíveis.

As fotografias e vídeos deverão apresentar, no ato da submissão dos arquivos, um resumo simples de até 3.000 caracteres considerando os espaços e incluindo: título, introdução, objetivos, considerações finais, referências. No arquivo não deve constar nome, e-mail ou filiação institucional, a informação só deverá ser fornecida na plataforma de submissão.

Fotografias: serão aceitas, no máximo, seis (6) fotografias por autor/a/grupo. As fotografias devem estar em alta resolução (1.500 pixels no maior lado com 300dpi). Caso aprovadas, o/a autor/a/grupo trazê-las impressas ao congresso e entregá-las a comissão organizadora do evento. A não entrega da versão impressa excluirá o material da mostra.

Vídeos: os vídeos submetidos devem ter duração máxima de 10 minutos, incluindo, em caráter obrigatório, título e créditos. Somente serão aceitos vídeos nos formatos de arquivo “.avi”; “.mp4” ou “.mov” com resolução mínima de 720p. Os vídeos poderão ser inscritos nas categorias: a) documentário; b) ficção; c) animação; e d) vídeo arte.

O/A autor/a/grupo deve submeter as fotos e/ou vídeos no formulário disponível no site do Congresso juntamente com a ficha de inscrição.

A inscrição do vídeo implica em cessão de direitos autorais, imagem e voz do vídeo e do trabalho, responsabilizando-se os autores civil e criminalmente por plágio e outros danos. 

3) Critérios para Avaliação de Trabalhos Submetidos

a) Relevância para a área dos Estudos Culturais;

b) Adequação aos grupos temáticos e/ou ao tema geral do Congresso;

c) Clareza nos objetivos e apresentação de resultados;

d) Coerência teórico-metodológica;

e) Consistência argumentativa;

f) Respeito as indicações de formatos e normas de estilo.