Ementas – Grupos Temáticos

GT 1.   Estudos Culturais, Estudos do Lazer/Ócio/Recreação e Corpos

Coordenação: LAGEP

Este Grupo Temático se propõe a discutir sobre o lazer e corpos como temáticas de estudo no campo dos Estudos Culturais e da Cultura. O processo de constituição histórico-cultural do lazer, ócio e recreação e as influências de diferentes aspectos sociais, políticos e econômicos. Também discute os vínculos dos Estudos Culturais para a problematização dos corpos insurgentes, subversivos, acidentados, institucionalizados e contestadores das matrizes de poder hegemônicas, bem como, para a análise de experiências de resistências e subversão de lazer, ócio e recreação.

GT 2.   Estudos Culturais, Políticas Públicas, Direitos e Combate a Desigualdades e Opressões

Coordenação: POLIS

Este Grupo Temático pretende criar um espaço de diálogo, debate e reflexão sobre como os Estudos Culturais e seus temas correlatos (que abordam questões identitárias; decoloniais; os ativismos sociais e as novas narrativas de resistência) têm se articulado com as políticas públicas em defesa dos direitos humanos e contra as diversas formas de opressões sociais.

GT 3.   Estudos Culturais, Diversidade, Interseccionalidades, Diásporas, Identidades e Diferenças

Coordenação: EDUDANÇA 

Pesquisas, estudos e discussões que relacionam os Estudos Culturais às perspectivas de tensionamento, crítica e valorização da diversidade, da interseccionalidade, das diásporas e das identidades e diferenças, a partir de abordagens epistemológicas e empíricas que abriguem os debates socioculturais e políticos contemporâneos acerca das desigualdades, lutas, resistências, reexistências decoloniais e pós-coloniais.

GT 4.   Estudos Culturais, Desenvolvimento, Redes e Tecnologias

Coordenação: LUCE 

Trabalhos dedicados a diferentes aspectos dos Estudos Culturais, redes sociais e tecnologias, articulados com o lazer. Análise crítica dos processos socioculturais de desenvolvimento de redes e tecnologias em suas interfaces com o binômio lazer e sociedade. Acolhe também pesquisas dedicadas à temática do GT de modo a indicar enlaces teóricos, caminhos investigativos e pontos de atenção articulados aos Estudos Culturais, Redes e Tecnologias.

GT 5.   Estudos Culturais, Gênero e Sexualidade

Coordenação: GESPEL 

Paradigmas e perspectivas em gênero e sexualidade, a partir dos Estudos Culturais e do lazer, de diferentes matrizes críticas dos pensamentos feministas, dos movimentos e estudos LGBTQIA+ e da teoria queer.

GT 6.   Estudos Culturais, Espacialidades, Territórios e Urbanidades

Coordenação: GEPLEC 

Este Grupo Temático pretende fomentar discussões relacionadas aos Estudos Culturais e às práticas sociais de lazer, suas múltiplas possibilidades de materialização em espaços públicos, buscando fortalecer reflexões acerca das relações entre aspectos territoriais, direito à cidade e meio urbano. 

GT 7.   Estudos Culturais, Comunicação, Artes, Sensibilidade e Saberes Populares

Coordenação: NAPRÁTICA 

Este Grupo Temático propõe relacionar os Estudos do Lazer aos Estudos Culturais a partir das perspectivas da diversidade e da interculturalidade. Acolhe abordagens sociais, econômicas, identidades étnicas, gênero e sexualidade, religiosidades, etc. Nesse contexto, ressalta o corpo e as artes como centralidade, enfatizando a potência de suas manifestações, práticas, resistências, inventividades, que revelam sensibilidades, saberes, linguagens, experiências e práticas coletivas, suscitando reflexões de diferentes campos disciplinares e epistemologias outras.

GT 8.   Estudos Culturais, Saúde, Meio Ambiente

Coordenação: CAPARAÓ

Este Grupo Temático pretende promover debates que relacionam saúde e meio ambiente, com especial atenção aos modos de vida e consumo, sem, no entanto, restringir-se a eles. Pretende-se, em diálogo com os Estudos do Lazer, problematizar o meio ambiente também relacionado ao ambiente urbano; a ocupação dos espaços públicos e o lazer ao ar livre, em tempos de medidas sanitárias; a saúde considerando os diferentes determinantes sociais; entre outros temas que possam ampliar perspectivas e saberes, bem como apontar novos desafios.

GT 9.   Estudos Culturais, Educação, Formação e Ensino 

Coordenação: ORICOLÉ

Aborda trabalhos que tenham como objeto ações, práticas e discussões sobre processos formativos no contexto escolar e não escolar, em uma perspectiva interdisciplinar e interseccional. Pesquisas que busquem ampliar a visão de cultura e questionem as políticas de diferenças presentes nos artefatos e nas narrativas educacionais.

GT 10. Estudos Culturais e outros temas 

Coordenação: GECE / NECO

Com a pluralidade de temáticas e abordagens caras aos Estudos Culturais reservamos esse GT para os trabalhos que se encontrem nos limiares entre áreas e campos disciplinares diversos, privilegiando a articulação entre as dimensões simbólica e prática que é, continuamente, perpassada por fenômenos de poder que atuam no tecido social, nas relações e nos sujeitos. Pretende-se também promover um diálogo entre os Estudos Culturais e disciplinas com relações menos evidentes com o campo, como as chamadas ciências duras, abraçando temáticas e problemáticas consideradas ‘marginais’ pelas disciplinas clássicas e canónicas.